Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PERSEGUIÇÃO -TERRORISMO!



Quarta-feira, 10.10.12

DOCUMENTOS COMPROMETEDORES !

 

MANUEL DE MATOS BEXIGA,

 

quando veio para comandante do posto da GNR do Tramagal, em 1995, era 2.º sargento, volvidos 17 anos - O CORRUPTO BEXIGA - voltou de novo a comandar o posto da vila, mas já na qualidade de Sargento-ajudante e com  uma condecoração de 2 estrelas  tal como o capitão Joaquim José Caetano Nunes, foi só subir na carreira profissional, esse também já chegou a Tenente-Coronel e também já  foi condecorado com medalha de prata por serviços distintos: http://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/

Documento que compromete o Ministério da Administração Interna:
acerca das promoções e condecorações, ao longo dos anos, sobre esses ladrões dos dinheiros públicos: http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/
As consequências da corrupção ultrapassam os limites da moral e da ética e atingem, perversamente a vida dos seres humanos - A CORRUPÇÃO MATA! 
Saiba porque os corruptos ainda não procederam judicialmente contra o autor das denuncias: http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/
Tornado ao conhecimento de todo mundo, ao abrigo do disposto nas alíneas a) e b) nº. 2 do Artº. 180 CP.
Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva



http://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/

From: gabdgai@dgai.mai.gov.pt
To: raulcaldeira@hotmail.com
Subject: RE: A QUEM ? - EXIGE-SE A ENTREGA IMEDIATA AO SENHOR JUIZ DE INSTRUÇÃO!
Date: Tue, 9 Oct 2012 11:13:45 +0000

Exmº Senhor

 

O assunto abordado na mensagem enviada por V. Exa. não é da competência da Direção Geral de Administração Interna (entidade a quem pertence este endereço de email).

Assim solicita-se que verifique qual a entidade para onde pretende enviar a referida mensagem.

 

Com os melhores cumprimentos

Secretariado da Direção

Direção-Geral de Administração Interna

Avenida D. Carlos I, n.º 134

1249-104 Lisboa - Portugal

Tel.: + 351 21 394 7100

Fax: + 351 21 390 92 64

www.dgai.mai.gov.pt

 

De: Raul Caldeira [mailto:raulcaldeira@hotmail.com] 
Enviada: segunda-feira, 8 de Outubro de 2012 23:35
Para: tribunal abrantes
Cc: PGR; Ministra
Assunto: A QUEM ? - EXIGE-SE A ENTREGA IMEDIATA AO SENHOR JUIZ DE INSTRUÇÃO!
Importância: Alta

 

Bom dia !

 

Processo 278/12. 7TAABT Cf. Doc. em anexo

Exigi-se a entrega IMEDIATA do pedido de abertura de instrução ao Senhor Juiz!

Os serviços do Ministério publico, antes haviam devolvido a queixa ao denunciante com alguns requerimentos e respectiva documentação - conforme se confirma no documento em anexo: Nº. Registo:684435  P.278/12. 7TAABT Sara Andrade Cabral.

 

Tal procedimento, revela desde logo, nítida ma-fé, como é de apanágio desses serviços do MP. desde há muitos anos a esta parte, conforme o disposto: http://estanahoradaverdade.blogs.sapo.pt/

 

Agora estranhamente ou não, vieram esses mesmos serviços a proferir despacho de arquivamento, em que no seu teor o MP. se revela como advogado de defesa - das funcionárias da Segurança-social e não como promotor de justiça.

 

Por discordância contra o que é feito constar do despacho de arquivamento o, ofendido-queixoso, solicitou a abertura de instrução, da melhor forma que o soube fazer - visto que nenhum advogado pretende em vir a defender os seus legítimos interesses e dos seus familiares.

 

Nesse sentido, ao invés dos serviços do MP. O pedido foi elaborado em consciência e dirigido aos especiais cuidados do Senhor Juiz de instrução, porque  o contrário é que não se afigura.

 

Desse modo, a V/comunicação, tal como os procedimentos que se antecederam, são medíocres, com contornos obscuros, pelo que devem vir a merecer o maior e melhor reparo por parte do Senhor Juiz de Instrução e do Conselho Superior dos Magistrados do MP., até porque as irregularidades por partes desses mesmos serviços, já residem e resistem, de há muitos anos a esta parte, conforme já se referiu, e se extrai claramente dos factos, remetidos pela Senhora Ministra da justiça, ao Conselho Superior do Ministério Publico, sendo que esse órgão do Estado, ainda não se veio a pronunciar, nem se vislumbra  que tal possa vir acontecer:  http://perseguicaoterrorismo.blogs.sapo.pt/2288.html

 

Para que se acabe com as delongas, em prejuízo do queixoso e seus familiares, solicita-se para que o pedido de abertura de instrução e todos os requerimentos dirigidos aos serviços do MP. e respectiva documentação de suporte, venham agora, a ser entregues ao senhor Juiz de instrução e assim possa vir a merecer o tratamento adequado-justo - conforme a lei e o brio profissional assim o exigem, mas que o MP. ignorou ao descurar das obrigações a que se encontra sujeito, o que mais do que errado é criminoso da lei e do direito, preenche no mínimo, os requisitos do disposto no nº. 1 do Artº. 369 do C. Penal.

 

Quando ainda por cima estava em causa um menor,  em condições de risco sobre os cuidados do CPCJ de Abrantes, mas apenas para satisfazer interesses, da corte, isto porque dotaram o menor ao abandono:  http://vergonhadestado.blogs.sapo.pt/

 

 - Nada fizeram, a não ser mentiras em cima de mentiras, o mesmo que andam a fazer com a minha filha desde que nasceu à mais de três anos, sem que ainda lhe viessem atribuir os seus direitos, mas tal como o Rúben,  já serviu para justificar o trabalho de muitos funcionários (as) do Estado, a corrupção em roda livre: http://usaramsedamenor.blogs.sapo.pt/

 

Façam uso da consciência, pelo que nesse sentido, repete-se: entreguem tudo ao senhor Juiz de Instrução, porque nesses serviços andam a ocultar os meios de prova aos magistrados,  pois tenho provas disso mesmo, em vários processos, que sobre esse aspecto, repare-se por exemplo no caso da ANTENA PARABÓLICA, em que é por-demais notório o desnorte do MP. -  quando questiona: QUAIS SÃO AS DUAS DECISÕES, prova de que desconhecia a realidade dos factos, mas ainda assim, depois de esclarecido, mandou roubar a antena, conforme se atesta com amplo conforto: http://terremotonajustica.blogs.sapo.pt/745.html

 

Como sempre o presente vai dirigido as mais altas cortes responsáveis pelos destinos de Portugal, em particular à Senhora Ministra da Justiça, confiante de que o clima de impunidade acabou!

 

Pede deferimento com carácter de urgência, conforme a situação assim o exige,

 

Raul Manuel Quina Caldeira Soares da Silva

 



Assunto: DOCUMENTO COMPROMETEDOR !
De: Raul Caldeira <raulcaldeira@hotmail.com>
Data: Hoje, 13:54:04 WEST
Para: Gnr Tramagal <ct.str.dabt.ptmg@gnr.pt>
Cc: DGAI interna <gabdgai@dgai.mai.gov.pt>, Ministra <gabinete.ministro@mj.gov.pt>
Bcc: [Mostrar endereços - 149 destinatários]
 
1 Anexo



Free counter and web stats

Autoria e outros dados (tags, etc)

por CORRUPTOS às 19:59



Mais sobre mim

foto do autor



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.





Pesquisar

Pesquisar no Blog